«

»

fev 12

Atualizações – Ausência e Notícias

Olá a todos! Estou de volta (de novo)! Desculpem novamente a falta de posts e atualizações. Estou passando por alguns problemas e por isso fiquei este tempo sem postar. Mas não se preocupem! Estou retornando às atividades. Trago algumas notícias e informações sobre o que pretendo fazer.

Freedom Planet 2

A primeira das grandes atualizações que trago é sobre Freedom Planet 2, sequência do game indie de mesmo nome, sobre o qual já fiz uma review. Uma versão demo foi disponibilizada no site oficial do jogo! A demo contém apenas uma fase, mas tem quatro personagens jogáveis. É possível testar as novas habilidades das personagens e experimentar a nova personagem jogável, Neera. Ela esteve presente no jogo anterior, apenas no enredo e como um mini-chefe de uma fase.

Minhas impressões são bastante positivas. O gameplay continua rápido e fluído como antes e os gráficos também são similares. Existe agora um efeito de zoom na câmera, na qual ela se afasta um pouco em alguns momentos para proporcionar uma melhor visão e isso é bem bacana.

As personagens estão bastante similares ao jogo anterior. A Milla foi a única que teve mais alterações. Ela possui ataques físicos desta vez e a quantia de vida também foi aumentada, o que é positivo a meu ver. Neera possui algumas mecânicas interessantes e muitos movimentos únicos. Como a fase na demo é curta e fácil, é meio difícil dizer como poderá se usar as novas habilidades da melhor maneira possível. Resta aguardar a versão completa do jogo que deve sair ainda este ano.

Afterbirth + e Antibirth

Estive jogando alguns games no meu tempo livre. Particularmente, como um jogador fissurado em Isaac, passei bastante tempo destravando itens e liberando conquistas em Afterbirth +. Meu progresso está em 99%. Falta apenas a conquista dos 31 dias seguidos de partidas diárias e coletar alguns itens.

Afterbirth + não teve a melhor das recepções, mas eu não o considero ruim. Haviam muitos problemas em relação ao balanceamento do jogo, algumas coisas estavam incompletas no lançamento (o novo chefe final não tinha nenhuma animação) e outras pequenas coisas que incomodaram muitas pessoas. Eu também tive problemas, mas a maioria dos problemas já foi corrigido através de patches para atualizações. Além disso, mais conteúdo será adicionado nos próximos meses, sem falar nos mods super interessantes que já surgiram na oficina.

Não vou dizer que Afterbirth + não merece críticas. Algumas coisas não estavam certas e precisavam de correção urgente. Passei (e ainda passo as vezes) muita raiva, especialmente em Greedier Mode e com alguns dos novos inimigos (Portais, Big Horn). No entanto, passou-se apenas um mês e quase todos os problemas já estão consertados. Os desenvolvedores ouviram as reclamações dos jogadores, trabalharam rápido e corrigiram quase todos os problemas. Uma grande prova disso foi a remoção de armadura do chefe Big Horn no patch mais recente.

Morto por um inimigo que estava próximo demais à porta no momento em que entrei, impossibilitando minha reação.

Antibirth

Eu não tenho jogado o super mod Antibirth, tanto quanto Afterbirth +. Muitas pessoas dizem que Antibirth é melhor em todos os aspectos em comparação a Afterbirth +. Eu não concordo. O trabalho dos desenvolvedores de Antibirth é impressionante, mas o mod também possui alguns problemas. Particularmente, Mom’s Heart na fase Mausoleum possui ataques impossíveis de se esquivar e muitas vezes é preciso “tankar” o dano para poder passar dela.

A curva de dificuldade também é extremamente acentuada nos andares alternativos. A única vantagem oferecida é uma escolha entre dois itens nas salas de tesouro, mas muitas vezes isso não é suficiente para lidar com os inimigos. Particularmente, a fase Mines é a mais estressante. Odeio Blasters (inimigos que disparam bombas voadoras) e o chefe Hornfel.

Em geral, eu diria que Antibirth é um mod extremamente impressionante e que todos os fãs de Isaac deveriam experimentar, mas ele não merece todo o crédito que recebe. O mod não é perfeito e também tem seus problemas de balanceamento, assim como o jogo oficial. Os desenvolvedores pretendem lançar atualizações para corrigir bugs, problemas de balanceamento e também pretendem adicionar mais conteúdo. Ainda não há qualquer confirmação se haverá a integração entre Antibirth e Afterbirth +.

XCOM

Outro game que finalmente resolvi dedicar um tempo e terminar foi XCOM: Enemy Within. Esse game me impressionou bastante por sua qualidade. Eu recebi o jogo de graça em 2014 numa promoção. Não esperava nada demais, pois não sou engajado com jogos de estratégia. Mas este game trouxe uma temática que curto bastante (invasão alienígena) e um nível de detalhamento dos sistemas de jogo e das informações dentro do próprio game que acabou me prendendo. Anteriormente, o único jogo de estratégia que havia dedicado um certo tempo (mas não terminei) foi Final Fantasy Tactics Advance.

Basicamente, você é colocado no comando da XCOM, uma força-tarefa de combate à uma invasão alienígena organizada e patrocidade por vários países no mundo. O objetivo é gerenciar as finanças da XCOM, controlar o nível de pânico nos países do conselho, pesquisar a tecnologia extraterrestre, desenvolver itens, armas e armaduras e enviar tropas para combater os alienígenas em missões contra abduções, antiterror e queda de OVNIs. É muito divertido e desafiante e recomendo bastante a quem curte o gênero de Estratégia em Turnos. Farei uma análise futuramente.

Esquadrão que enviei à missão final do jogo.

Tales of Berseria

Eu já fiz uma postagem, na qual falei sobre a minha interação com a série Tales of. Eu testei a demo de Tales of Berseria, título mais recente da série, e devo dizer que estou impressionado. Gostei bastante da fluidez do combate, dos gráficos e da música, mas o que mais me chamou a atenção para este título foi o design dos personagens. Eles realmente são incríveis. Gostei muito das interações entre eles, da personalidade de cada um e do detalhismo nos traços deles. Está realmente incrível. De acordo com as reviews de sites especializados e de fãs da série que tenho lido, este game tem tudo para ser o melhor game da série desde Symphonia, Abyss ou Vesperia.

Agora me resta jogar Tales of Zestiria que já tenho há algum tempo, mas não estava com muita vontade de jogar. Assim que eu tiver terminado, eu farei uma análise dele. No entanto, isto pode demorar um pouco, pois a série Tales of sempre requer múltiplas passagens completas pelo jogo para ter a experiência completa.

Nota: Esqueci de mencionar que o jogo está totalmente traduzido para o português, assim como Zestiria! Isso é excelente!

A série Sonic

Por fim, gostaria de mencionar que trabalharei nas análises dos jogos modernos da franquia Sonic. Ainda tenho alguns que preciso pegar para jogar (Generations, Lost World), mas já comecei a dar os primeiros passos. Estive jogando Sonic Adventure 2 e já vou dizer logo que não tenho tantas coisas boas para falar. Eu esperava bem mais do jogo, mas ele me decepcionou bastante em alguns aspectos. Falarei mais disso no tempo certo.

Também já terminei 100% os jogos Shadow the Hedgehog (tortura), Sonic Heroes e Sonic Unleashed para PS2 (mais tortura). Este último em particular foi o que tive a pior experiência. Não vou dar detalhes aqui. A hora certa irá chegar.

Mais atualizações pela frente

Como vocês já sabem, este vai ser um ano e tanto no quesito jogos, em especial para o Sonic. Por isso, estarei preparando várias postagens e análises e dedicarei bastante espaço para reviews de jogos este ano no site. Novamente, peço desculpas pela falta de notícias e atualizações, mas prometo que a espera valerá a pena!

E você? Tem alguma grande expectativa em jogos para este ano? Deixe um comentário, compartilhe o post e nos siga nas redes sociais para ficar por dentro das novidades! Obrigado por ler!

 

Compartilhe isto:
%d blogueiros gostam disto: