«

»

jan 12

Atualizações – Ano Novo e Afterbirth +!

Olá pessoal! Não se preocupem, ainda estou vivo! O fim de ano foi muito bom e resolvi descansar uns dias antes de retomar as atividades por aqui. Além disso, dia 03 de janeiro foi lançado The Binding of Isaac Afterbirth + e, como qualquer jogador hardcore de Isaac, eu estava jogando para liberar as conquistas e novos itens.

Impressões iniciais de Afterbirth +

Afterbirth + não foi muito bem recebido durante o lançamento. Novamente, assim como ocorreu no lançamento de Rebirth e Afterbirth, houveram muitas reclamações sobre o jogo não abrir, saves sendo corrompidos e outros problemas. O suporte a mods, principal fator da expansão, segundo as reviews,  também estava muito problemático. Eu não posso afirmar nada quanto a isto, pois não sei nada sobre programação.

Outra coisa que gerou muitas críticas foi a falta de balanceamento do jogo. Alguns dos novos inimigos adicionados (Portais, sendo bem específico) deixavam algumas salas extremamente problemáticas, especialmente no início da partida. Portais são inimigos que criam novos inimigos até serem destruídos, similar ao jogo Gauntlet. Alguns dos novos chefes, especialmente o novo chefe final, estavam bugados ou tinham sérios problemas de balanceamento. E já falando sobre salas problemáticas, eu mesmo topei com umas bastante estúpidas. A famosa sala que ficou conhecida como “Blastocyst Hell” quase acabou com uma de minhas partidas.

A sala basicamente consiste de uma sala de tamanho normal na fase Womb/Utero que contém nada menos que 8 Blastocysts inteiros! E ainda tem um portal no meio da sala! Blastocyst é um dos chefes dessa fase. Ele é o chefe mais fraco, mas lidar com 8 numa sala pequena é impossível! Cada vez que você mata um ele se divide em dois e essas duas formas menores também se dividem em duas cada. É basicamente uma sentença de morte se você não tiver invencibilidade (Polaroid, Book of Shadows, Algiz). A sala foi removida do jogo através de patch.

Afterbirth + Blastocyst Hell Room

Blastocyst Hell Room quase acabou comigo!

Itens

Outra coisa que devo mencionar é que houve uma falta de inspiração séria na criação de novos itens. Muitos dos novos itens são apenas modificações ou melhorias de outros itens que já existiam no jogo. Duplicatas, eu diria. Itens como Big Chubby (mesmo que Lil’ Chubby, apenas extremamente lento), Depression (mesmo que Headless Baby ou Aquarius, com um ocasional raio de luz contra inimigos que se aproximam) e Apple (mesmo que Tough Love) adicionam muito pouco para justificar suas existências.

Acho que a maior ofensa é o item Polydactyl. Ele, basicamente, é uma versão um pouco melhor do item Deep Pockets. Quando você o pega, ele lhe dá um Card ou Pill. Ele também é mais acessível, já que é obtido de graça após derrotar chefes. Por que é ofensivo? Por que Deep Pockets era um dos principais itens destravados com o Keeper, o pior e mais frustrante personagem do jogo! Agora o item é praticamente irrelevante, automaticamente tornando o Keeper ainda pior.

Greedier

Greedier Mode, a versão Hard do Greed Mode, também é bastante problemática. A curva de dificuldade foi aumentada de uma maneira que não deixa o jogador progredir sem ter sorte. Você precisa de uns itens ou upgrades muito bons nos dois primeiros andares se quiser sobreviver. No terceiro e quarto andar, o tempo entre cada onda de inimigos é quase instantâneo. Se você não estiver forte o bastante para lidar com os inimigos será obliterado pelo massivo número de inimigos na tela.

Além disso, o chefe final está um pouco diferente. É preciso se preparar bem se quiser vencer. Você também recebe menos dinheiro para comprar seus itens, por sinal. Muitas vezes, a única solução é “quebrar” o jogo para conseguir poder o suficiente para poder vencer.

Afterbirth + Greedier Mode

Void

Um novo personagem também foi adicionado ao jogo. Ele se chama Appollyon e é basicamente uma mistura de anjo e demônio. Ele não tem nada de especial, no entanto. O que é especial é o item que ele carrega: Void. Void é um item que permite que você sugue outros itens e converta eles em atributos (itens passivos, apenas). Void também pode sugar itens de ativação e é aí que entra a diferença. Ao sugar um item de ativação, Void passa a poder utilizar o poder daquele item. Você fazer múltiplas combinações de itens ativados e obter resultados insanos e divertidos.

Void quebra o jogo por conta própria. Nos patches iniciais de Afterbirth + era possível absorver itens de ativação única como Pandora’s Box e Diplopia e utilizar suas habilidades indefinidamente. Isso foi mudado com um patch e não é mais possível manter as habilidades desses itens no Void. Felizmente, eu consegui fazer um Breaking Run com o Void, Pandora’s Box, Swallowed Penny em Greedier Mode e gravei parte dele em vídeo. Eu coloquei textos em inglês no vídeo, pois a maior parte da comunidade de Isaac fala inglês, então ele seria mais acessível.

Minha opinião

Eu estou gostando da expansão, mas tive problemas com ela também. A falta de balanceamento e inspiração para os novos itens é clara. No entanto, muitos dos problemas já foram corrigidos através de patches. Além disso, o ponto principal é o suporte a mods e a Steam Workshop de Isaac já está cheia deles. Eu diria que, apesar dos problemas, Afterbirth + vale a pena, devido às possibilidades que ele traz. Ah, e também tivemos o final definitivo do jogo que fecha alguns questionamentos que eu tinha sobre o enredo. Discutirei sobre isso num post separado.

De volta ao trabalho!

Pois bem, acabaram minhas “férias” do site e estou voltando com novo fôlego e ânimo renovado para trazer mais artigos e coisas interessantes para vocês lerem. Espero que tenham aproveitado o fim de ano e que 2017 traga ainda mais conquistas para todos nós!

Gostou do post? Então lembre-se de compartilhar com seus amigos e ajude na divulgação! Deixe sua opinião nos comentários! O que está achando de Afterbirth +? Ah, e siga-nos nas redes sociais e no nosso Youtube para sempre ficar por dentro das novidades! Os links para o Youtube estão no menu no topo da página.

Compartilhe isto:
  • Cara, eu adoro Binding of Isaac, mas nunca consegui terminá-lo. Creio eu que não sou tão hardcore assim. Por curiosidade assisti alguns vídeos de pessoas hardcores jogando e me senti humilhado, vocês possuem movimentos fora do comum, hahaha!

    Poxa, mas que zuado esses problemas, ainda bem que foram resolvidos. O bom é que a comunidade desse jogo é bem participativa. Isso contribui muito para as melhorias, o que não isenta o relaxo das desenvolvedoras.

    Ah, uma pena que as férias tenham se encerrado, hein. Força pra tu o/

    • Ah, eu meio que tenho uma relação especial com esse jogo. Tenho habilidade, mas devo dizer que a sorte também conta bastante. E, por sinal, é pelas reclamações da comunidade que os problemas são corrigidos. Jogos indie sempre tem comunidades bem ativas e participativas. Abraço pra você!

%d blogueiros gostam disto: