«

»

ago 10

Um Ícone em Crise! O ciclo sônico!

s1-stages-endingimg6

Sonic the Hedgehog. Um nome reconhecido mundialmente e reconhecido por muitos anos como um dos maiores ícones dos videogames. No entanto, já faz algum tempo que Sonic tem passado por problemas. Isso se deve à qualidade duvidosa de alguns dos jogos lançados nos últimos anos. Aliás, eu diria que neste ano completa-se uma década desde que o chamado “Sonic Cycle” (Ciclo Sônico) se iniciou. Eu farei uma análise sobre o que vem acontecendo com o ouriço ao longo da última década, mas não vou levar em consideração os spin-offs Sonic and the Secret Rings, Sonic and the Black Knight e outros. 

O que é o Ciclo Sônico?

Antes de tudo, deixe eu explicar o que é o “Sonic Cycle”. Traduzindo, significa Ciclo Sônico ou Ciclo do Sonic. É o período que compreende o anúncio de um novo jogo do Sonic, o hype que se cria em torno do mesmo e a posterior decepção em relação a certos aspectos do jogo que não agradaram aos fãs e à crítica, o que leva à desconfiança sobre a qualidade de lançamentos posteriores. Esse é o Ciclo Sônico, um processo que tem se repetido por anos.

Ciclo Sônico

O Ciclo Sônico

O começo da decaída

Tudo começou após a Sega sair do ramo de hardware e virar uma softhouse. Tendo que refazer completamente o foco dos negócios, a Sega teve que começar a lançar seus títulos exclusivos para seus ex-concorrentes incluindo a Nintendo, antiga rival. A grande aposta da Sega foi o lançamento de Sonic Heroes para todos os consoles e posteriormente para PC. O jogo fez relativo sucesso e foi um bom passo inicial para o Sonic, após partir do Dreamcast para os outros consoles.

No entanto, esse bom início não durou muito tempo, pois em 2005, a Sega resolveu lançar um novo jogo do Sonic, cujo protagonista não era o Sonic e sim Shadow. Tudo para tentar faturar em cima da grande popularidade do personagem. O jogo, entretanto, foi um fiasco. Gráficos ruins, trilha sonora fraca, jogabilidade problemática, sem falar da polêmica em torno do fato de Shadow usar armas de fogo no jogo. Foi a partir daí que começou o Ciclo Sônico.

Shadow the Hedgehog, a bomba que iniciou a crise do Sonic.

Shadow the Hedgehog, a bomba que iniciou a crise do Sonic.

Pior jogo?

A péssima recepção de Shadow the Hedgehog acendeu um alerta vermelho na Sega e então eles começaram a trabalhar naquele que seria o maior fiasco, tanto do Sonic quanto da própria Sega, Sonic the Hedgehog 2006. Todo o problema iniciou-se quando a Sega anunciou que faria um “reboot” da série, ou seja, começaria todo o enredo do zero. Isso já deixou muita gente desconfiada do que poderia acontecer. No entanto, a Sega apresentou alguns trailers impressionantes que deixaram todos muito ansiosos pelo lançamento do jogo. O “hype” havia começado.

Sonic the Hedgehog 2006, a grande promessa que se tornou um dos maiores fiascos.

Sonic the Hedgehog 2006, a grande promessa que se tornou um dos maiores fiascos.

Desconfiança

A grande sacada da Sega com “Sonic the Hedgehog 2006” era comemorar o aniversário de 15 anos da série com um recomeço épico. A medida que o tempo foi passando e mais detalhes foram sendo apresentados, mais os fãs desconfiavam do que estava sendo feito com o enredo. Agora havia um reino e uma princesa que seria seqüestrada pelo agora sério vilão Dr. Eggman. Lembra alguma coisa? Reino? Princesa seqüestrada? Onde foi que eu ouvi isso antes?

Pois é. Mas se o enredo era de qualidade duvidosa os trailers mostravam ação frenética em alta velocidade e gráficos impressionantes. Contanto que o jogo fosse bom nesse aspecto dava pra deixar passar. Entretanto, supostamente o que aconteceu foi que o aniversário de 15 anos se aproximava rápido demais. Vendo que não haveria tempo para deixar tudo pronto antes da grande data a Sega resolveu pressionar os produtores para lançarem o jogo do jeito que estava.

O resultado disso é óbvio. O jogo não estava nem um pouco polido. Os gráficos estavam muito abaixo do que havia sido visto nos trailers. A jogabilidade também era problemática. Mas o principal problema foram os “bugs”. O jogo não havia passado por um processo de beta testing para a detecção e correção de falhas de programação. O resultado final foi um jogo com tantos bugs e glitches que acabou virando referência no quesito “jogo mal feito”.

Estigma

Como era de se esperar o jogo foi massacrado pela crítica especializada e apesar de ainda existirem muitas pessoas que juram que o jogo é bom, é impossível fechar os olhos para o que foi feito. Sonic the Hedgehog 2006 tornou-se um verdadeiro estigma para a série e teve muita gente que achou que o Sonic ia morrer ali mesmo. No entanto, Sonic estava ruim das pernas apenas nos consoles de mesa. Nos portáteis, a série ia muito bem com Sonic Rush e Rush Adventure.

Um passo na direção certa

Vendo o grande erro que havia cometido não demorou muito para a Sega anunciar um novo jogo que dessa vez reergueria a série de vez. Sonic Unleashed também impressionou muito nos trailers, mas a desconfiança voltou com força total após a apresentação do “Werehog”, basicamente o Sonic lobisomem. O Werehog trouxe um gameplay completamente diferente para a série. Era um misto de plataforma e beat ‘em up (mais conhecido como porradaria), num estilo mais lento de gameplay. O Sonic continuava com seu gameplay de plataforma em alta velocidade e isso agradou a todos, pois nesse quesito o jogo ficou muito bem feito e impressionante. O Werehog, entretanto, foi muito criticado por ser lento demais, repetitivo e por ter alguns problemas de level design. O jogo fez sucesso entre os fãs, mas desagradou os críticos.

Melhor jogo em anos

Tendo visto o sucesso que o estilo de gameplay do Sonic em “Sonic Unleashed” teve, a Sega resolveu criar outro jogo dessa vez voltado apenas para esse estilo, ou seja, nada de Werehog e sua pancadaria lenta e repetitiva. Sendo assim, surgiu Sonic Colors, um jogo que trouxe o melhor de Unleashed e adicionou novas mecânicas interessantes como os wisps que davam habilidades únicas ao Sonic de acordo com suas cores, e é daí que vem o nome do jogo. O jogo foi sucesso absoluto, tanto na crítica quanto entre os fãs. Finalmente, parecia que Sonic havia encontrado seu caminho.

Aniversário

Posteriormente, foi lançado em comemoração aos 20 anos da série, o Sonic Generations que trazia o mesmo estilo de gameplay de Colors, mas adicionava o Sonic clássico que trazia de volta o estilo de jogo dos clássicos do Mega Drive. Novamente, o jogo foi sucesso absoluto. Parecia que era o fim do “Sonic Cycle”. Mas parece que a Sega não conhece o ditado, “em time que está ganhando não se mexe”. E eles trouxeram mudanças drásticas no estilo de jogo em Sonic Lost World.

Um erro grave

Lost World trouxe um gameplay que se assemelhava ao de Super Mario Galaxy, devido ao estilo das fases se parecer com os do jogo do Mario. O jogo focou mais no estilo plataforma e diminuiu bastante a velocidade que é a característica principal da série. O jogo não foi considerado péssimo, mas foi sem dúvida considerado inferior ao que havia sido feito antes. Houve gente que amou, houve gente que odiou. Mas isso acabou reiniciando o “Ciclo Sônico”.

Boom: A bomba que trouxe o ciclo sônico de volta

O episódio mais recente da crise do Sonic foi o catastrófico fracasso de Sonic Boom que, aparentemente, sofreu o mesmo problema de Sonic 2006: foi lançado antes de estar efetivamente pronto. A maioria do público já estava com um pé atrás após a apresentação do novo design dos personagens, com o Sonic enfaixado e o Knuckles marombado.

Acho que o nome é Sonic Boom, por causa da quantidade de bomba que o Knuckles tomou.

Arte conceitual original.

É triste ver a situação, na qual Sonic se encontra hoje em dia. Ele está preso num ciclo sônico e aparentemente infindável de sucessos e fracassos. O ouriço apenas pode observar enquanto sua importância diminui cada vez mais no cenário de jogos. Nunca Sonic esteve tão distante de seu rival Mario como agora. A única coisa a se fazer é esperar por dias melhores e que esse grande ícone dos jogos possa encontrar um caminho sem pedras para poder correr em velocidade máxima e sem preocupações.

Gostou do post? Deixe sua opinião abaixo e lembre-se de nos seguir nas redes sociais! Inscreva-se para receber nossas postagens por email!

Compartilhe isto:
%d blogueiros gostam disto: